Extintores de Incêndio – Saiba sobre

Extintores de Incêndio. Neste artigo aprenderemos sobre os tipos de extintores e os procedimentos em caso de incêndios. Eles podem ser a sua salvação em casos de emergência!

Antes de começarmos este artigo, Se você é novo aqui em nosso site, não esqueça de acompanhar todos os nossos outros artigos, sempre cheios de dicas sobre brigada de incêndios preparadas especialmente para você.

Então vamos lá, conheça agora e saiba como funcionam os extintores de incêndio!

Extintores de incêndio

Extintores de incêndio
Extintores de incêndio (Foto: Divulgação)

Os extintores são aparelhos portáteis de utilização imediata, para serem usados em princípios de incêndios, são fabricados em diferentes tamanhos indicados segundo suas características, para uma ou mais classe de incêndio. Quando instalados, devem estar visíveis, desobstruídas e sinalizados, além de serem inspecionados constantemente.

Quanto às inspeções, elas devem ser realizadas semanalmente, deve ser verificado o acesso, à visibilidade e à sinalização. Mensalmente é verificado se o bico ou a mangueira estão obstruídos, observar a pressão do manômetro, se houver o lacre e o pino de segurança.

Semestralmente é preciso verificar o peso do instinto de co2, e do cilindro de gás comprimido, quando houver. Se o peso do extintor estiver com 90% do especificado, ele deve ser recarregado. Anualmente, é necessário verificar se não há dano físico no extintor, avaria no pino de segurança e no acre. O extintor deve ser recarregado anualmente.

A cada cinco anos o equipamento deve ser inspecionado por empresa especializada. Os extintores deverão ter lugar fixo de onde serão retirados somente por três motivos:

  • para exercícios e treinamentos;
  • para manutenção;
  • para o uso em caso de incêndios.

Extintores de Incêndio – Tipos de agentes extintores

Veremos agora os agentes extintores mais comuns, que são substâncias empregadas para extinguir a combustão. Os extintores normalmente recebem o nome do agente extintor que empregam e possuem em seu corpo rótulo de identificação, o rótulo traz informações sobre as classes de incêndio para os quais o extintor indicado, em suas instruções de uso.

Inicialmente, vamos analisar os extintores de pó químico seco, conhecidos como PQS:

Os agentes extintores, são o bicarbonato de sódio ou de potássio, ou cloreto de potássio. O extintor de pó químico,  age assim formando uma nuvem sobre a chama, visando a exclusão do oxigênio, eliminando assim, o fogo por abafamento.

Temos também os extintores de pó químico, conhecidos como ABC, à base de fosfato monoamônico, que além de serem recomendados para incêndios classe B e C, como os extintores PQS comuns, também é recomendado para a classe de incêndio A.

O agente extintor mais abundante na natureza é a água, nos extintores são armazenados em forma pressurizada, assim, esses extintores são conhecidos como AP ou água pressurizada, e o agente propelente o gás carbônico. O fogo então eliminado principalmente pelo resfriamento do material, devido à capacidade da água de absorver grande quantidade de calor. A espuma é mais uma das formas de aplicação da água, pois, constitui se de um aglomerado mento de bolhas de ar ou gás, envoltas por películas de água, porém, essa forma de aplicação de água, faz com que o principal meio de extinção do fogo seja o abafamento.

Como o último exemplo de agente extintor, temos o gás carbônico, que também é conhecido como o dióxido de carbono ou co2. Ele é um gás mais pesado do que o ar, sem cor ou cheiro, não condutor de eletricidade, e não venenoso, apesar de ser asfixiante. O gás carbônico age principalmente por abafamento, e por não deixar resíduos nem ser corrosivo, é um agente extintor apropriado para combater incêndios em equipamentos elétricos e eletrônicos sensíveis.

Tabela de agentes extintores

Veremos agora uma tabela relacionando estes agentes extintores com o processo de extinção, o elemento retirado, a classe de incêndio, e o combustível:

Tabela
Tabela (Foto: Divulgação)

Na tabela, podemos analisar todos os elementos atuantes e a relação entre os agentes extintores e as classes de incêndio. Para incêndios classe A, onde o combustível são madeiras, papéis, plásticos, tecidos, entre outros, utilizamos extintores onde o agente é a água ou os extintores conhecidos como ABC.

Para os incêndios de classe B, que são incêndios de líquidos inflamáveis, podemos utilizar extintores de espuma, pó químico e de co2, preferencialmente deve se utilizar o extintor de espuma para líquidos inflamáveis.

Para os incêndios de classe C, que envolvem equipamentos e energizados, podemos utilizar extintores de pó químico e de co2. Recomenda-se a utilização do extintor de co2, evitando danos ao mesmo.

Por fim, para incêndios de classe D utilizamos o outro tipo de extintor de pó químico específico. Abordaremos agora o passo a passo de como manusear um extintor de incêndio, além dos procedimentos a serem seguidos em caso de incêndio.

Extintores de Incêndio – Manuseio do extintor

Extintores de Incêndio - Manuseio do extintor
Extintores de Incêndio – Manuseio do extintor (Foto: Divulgação)

Primeiro deve-se retirar o aparelho do suporte, levando até o local do fogo. No segundo passo, é preciso romper o lacre, puxando e torcendo o pino de segurança, depois deve-se retirar a mangueira o difusor do apoio e direcionar para a área do incêndio. Por fim, o quarto passo é acionar o gatilho até o fim do curso, atacando o fogo em sua base, é importante destacar que a usar o extintor, deve haver uma distância de segurança em relação ao incêndio, observando se existe algum risco.

Respeitada uma distância de segurança, lembre-se que esta distância relativa, pois, pode variar de acordo com cada situação de incêndio, neste caso específico, devemos nos preocupar além de outros riscos, com risco de explosão de algo próximo ao fogo. Para se definir a distância, devemos observar alguns riscos como de queimadura, explosão, desmoronamento e intoxicação ou asfixia devido à fumaça, ou gases liberados na combustão, entre outros riscos.

Espero que este artigo tenha sido de ajuda para que você saiba como realizar o uso de um extintor de incêndio. Não se esqueça de acompanhar todos os nossos outros artigos repletos de dicas sobre brigada de incêndio para você que está procurando sobre este assunto.

Se você ficou com alguma duvida, deixe aqui em baixo nos comentários o que você quer saber para que possamos esclarecer tudo para você.

Veja também:

Brigada de incêndio – Como funciona

Primeiros Socorros – Noções básicas

Atmosfera Explosiva -Como lidar

Extintores de Incêndio – Saiba sobre